Home » Estação Eugenio Lefevre Santo Antônio do Pinhal

Estação Eugenio Lefevre Santo Antônio do Pinhal

estacao_eugenio_lefevre

Estrada de Ferro Campos do Jordão foi aberta a partir da estação ferroviária de Pindamonhangaba, na E. F. Central do Brasil, pelos médicos sanitaristas Emílio Ribas e Victor Godinho em 1914, para o transporte de doentes respiratórios para o hospital na então vila de Campos do Jordão. Um ano depois a ferrovia, com problemas financeiros, foi encampada pelo Governo do Estado. Os primeiros trens eram a vapor, substituídos por trens a gasolina em 1916 e pelos elétricos em 1924. A partir dos anos 1980 passou a ser uma ferrovia apenas de turismo, sendo que o trecho da baixada, até Piracuama, continuou a atender até hoje trens de subúrbio da cidade de Pindamonhangaba. No trecho da ferrovia que fica na área urbana de Campos do Jordão, bondes elétricos fazem também o percurso. A Estação Eugêenio Lefevre  embora fique no município de Santo Antonio do Pinhal, esta estação, inaugurada em 1916, nunca teve oficialmente nome da cidade, da qual dista cerca de 4 quilômetros. Seu nome,Eugênio Lefevre, homenageia um engenheiro que juntamente comEuclides da Cunha projetou a ferrovia, nunca construída, que ligariaMogi das Cruzes ao porto de São Sebastião. Em 1949, a estação estava escolhida para ser o ponto de saída de um ramal que ligaria a E. F. C. J. ao ramal de Paraisópolis, em Minas Gerais, ponto final de um ramal da RMV. Como se sabe, tal ramal jamais foi construído.

“A cidade de Santo Antônio do Pinhal Poderia ter sido uma cidade estratégica na rota do café caso viesse a ser  construído o ramal que ligaria o Sul de Minas ao Vale do Paraíba usando a estação Eugênio Lefevre”
Veja aqui mais sobre esse ramal (Folha da Manhã, 30/7/1949). A estação funciona até hoje no mesmo prédio original, situando-se pouco além da metade do caminho da ferrovia. Junto a ela, uma vila ferroviária e uma subestação da ferrovia. Na estação há um bar e lojas. Atrás, uma estufa de orquídeas. Ela pode ser atingida por carros vindos da cidade e da rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, que liga Quiririm a Campos do Jordão, e que passa bastante próxima à estação. Pouco antes da chegada do trem a Eugênio Lefevre, a ferrovia cruza por cima a citada rodovia. A estação está a 1.162 m de altitude e hoje é a primeira parada do trem turístico que sobe de Pindamonhangaba para Campos do Jordão. É também parada final de alguns trens que vêm de Campo se de lá retornam. Há um virador em frente à estação. Ela é hoje mais conhecida popularmente pelo nome da cidade, Santo Antonio do Pinhal.
(Fontes: Ralph M. Giesbrecht, pesquisa local; Julio Cesar Bessa Monqueiro; Carlos R. Almeida; Luiz Prezia; Ricardo Koracsony; Wanderley Duck; Folha da Manhã, 1949; A Cigarra, 1919).

 

Passeio de bondinho: veja mais aqui

© 2017 Portal Oficial de Santo Antônio do Pinhal | Hotéis e Pousadas Santo Antônio do Pinhal | Guia de Santo Antônio do Pinhal. Todos os Direitos Reservados.